E Se Jesus Voltasse Hoje?

E Se Jesus Voltasse Hoje?

Texto Base:
“Eis que venho como ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia, e guarda as suas roupas, para que não ande nu, e não se vejam as suas vergonhas.”
 Apocalipse 16:15

        E se Jesus Cristo voltasse hoje? Para aqueles que não O receberam como Senhor em seus corações e não O confessaram com suas bocas, é o fim da linha. Para os cristãos é a garantia da vida eterna. Mas será que a nossa salvação está garantida? Temos vigiado, e guardado nossas roupas para o Dia do Senhor? Ele virá como o ladrão, sem aviso, sem data marcada. Por isso, vigiar é preciso!



“Olhai, vigiai e orai; porque não sabeis quando chegará o tempo.”
Marcos 13:33
“Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.”
 Marcos 14:38
“Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir.”
 Mateus 25:13
“Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;”
1 Pedro 5:8
“E já está próximo o fim de todas as coisas; portanto sede sóbrios e vigiai em oração.”
 1 Pedro 4:7

        Há ainda diversos outros versículos em que Jesus nos adverte a vigiar. E quando Ele diz “vigiar”, não se refere a observarmos o tempo, os acontecimentos, os sinais, mas a nossa vida.
        Quando Jesus nos chamou para si, nos chamou para a santidade. Uma pessoa santa é uma pessoa separada para Deus. É diferente das demais. Nós somos capazes de identificar uma pessoa diferente em um grupo, seja pela roupa, pelas características físicas, pelo falar ou agir. Nós cristãos temos o Espírito Santo de Deus em nós; logo, precisamos ser diferentes das pessoas do mundo. É algo inegociável. Deus nos fez à Sua imagem e semelhança, e precisamos ser parecidos com Deus. É difícil, claro. Mas não é impossível. É, porém, necessário algo muito importante: conhecer a Deus. Como poderemos ser parecidos com Ele se não O conhecermos?
        Nenhum humano conhece a Deus por completo. A Bíblia nos diz que chegará o dia em que conhecermos por completo, conforme somos conhecidos. Por hora, temos a oportunidade de conhecer um pouco do nosso Deus. Como? Pela Bíblia! Conhecer a Bíblia é indispensável! Pois na Bíblia descobrimos as qualidades de Deus, Suas atitudes, a forma como age, como se relaciona com o homem, o que espera de nós, como reage às nossas ações, o que Ele tem preparado para o seu povo. Tem também informações sobre a natureza, nossas relações com as demais pessoas, trabalho, educação, enfim, tudo!
        Um cristão que não conhece a Bíblia não conhece a Deus. Logo, não é cristão! E quando digo conhecer, não é deixar a Bíblia aberta no salmo 91, decorar o salmo 23, João 3.16 ou outros versículos chaves. É saber quem foram os profetas e como Deus operou através deles; saber porque Davi foi chamado de homem segundo o coração de Deus; saber porque Amom e Moabe eram povos amaldiçoados; conhecer as alianças que Deus firmou com seu povo; conhecer as premissas e as promessas do Senhor.
Acredito que se Jesus voltasse hoje, muitas pessoas que estão na igreja não seriam salvas apenas por falta de conhecimento. Oséias 4.6 diz: “O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos. “
Faltou conhecimento para o povo de Deus.
No início do século XVI aconteceu a Reforma Protestante. Até então, somente os padres tinham acesso à Palavra de Deus, e não ensinavam ao povo sobre ela. Eles usavam os textos que desejavam durante as missas, em latim. E nem todas as pessoas entendiam. Lutero, ícone da reforma, traduziu a Bíblia para que as pessoas a compreendessem. Daí, surgiu a igreja Católica Apostólica Protestante, que é a atual igreja evangélica. Essa reforma alterou a forma como as pessoas cultuavam ao Senhor, suas vidas eclesiásticas, seus comportamentos. Todas essas mudanças aconteceram simplesmente porque o povo adquiriu conhecimento. Hoje, temos, ao menos em português, Bíblias de todas as versões possíveis. E ainda assim há quem não a conheça. Existem pessoas que defendem uma nova reforma. Eu acredito que basta ler a Bíblia.
Hoje, um rapaz de uma outra denominação ministrou um estudo sobre santidade. Ele começou dizendo que não devemos nos humilhar diante do Senhor. Ele desconhece o texto que diz: humilhai-vos na presença do Senhor, e Ele vos exultará. Já pensou em entrar na igreja, e ao invés de reconhecer que não é nada sem Jesus declarar que você é o (ou a) cara?

“Dois homens subiram ao templo, para orar; um, fariseu, e o outro, publicano. O fariseu, estando em pé, orava consigo desta maneira: Ó Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano. Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo. O publicano, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador! Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado.”
Lucas 18:10-14

Ele, músico, também disse que tem muito trabalho com ovelha. Engraçado: quem tem ovelha é pastor! Ovelha não toma conta de ovelha, como criança não toma conta de criança.
O grande problema é que o carinha fala bem, com autoridade, e muitas pessoas repetiram o que ele disse, disseram “amém”; e houve quem tomou como verdade cada uma daquelas palavras.  Então eu pergunto: onde está o conhecimento? Por que acreditar em uma pessoa e não dar crédito à Bíblia? Se há dificuldade para interpretação, basta pedir ao Espírito Santo de Deus, que nos ajudará a discernir todas as coisas.
Não digo que aprenderemos tudo sozinhos, de forma alguma. Mas se não temos conhecimento, não somos capazes de discernir entre o certo e o errado. Quem não conhece as ordenanças de Deus e nem sabe como Ele age, vai entrar nessa de se não humilhar. Vai ficar para trás...
Outra palavra do músico: “não precisamos ter medo de Jesus; se Ele voltar não significa que vamos virar pó.”

“Então Pedro lhe disse: Por que é que entre vós vos concertastes para tentar o Espírito do Senhor? Eis aí à porta os pés dos que sepultaram o teu marido, e também te levarão a ti. E logo caiu aos seus pés, e expirou. E, entrando os moços, acharam-na morta, e a sepultaram junto de seu marido. E houve um grande temor em toda a igreja, e em todos os que ouviram estas coisas.”
Atos 5:9-11
Tudo bem, nosso Deus é misericordioso. Mas somos tão bons assim, tão dignos, que poderemos desse nosso jeito ver a Cristo? Claro que não! Nossos corpos serão renovados, e aí sim poderemos ver o Senhor. Nenhum homem nunca viu a Deus pois não suportaria, morreria na certa. A Bíblia nos diz isso. E aí surge um cara que fala bonito e todo mundo acredita.
Não vamos dar bobeira. A Palavra de Deus está à nossa disposição. Se morássemos na China, poderíamos nos queixar, mas aqui no Brasil, não dá. Leia a Bíblia. Leia todos os capítulos, todos os textos. Veja os mapas, a lista de concordâncias. Estude sobre a nossa arma. Um guerreiro que não sabe usar a sua espada morre. Estude sobre Jesus. Para sermos miniaturas dEle na terra, precisamos conhecê-lo. De outra forma, não seremos capazes de imitá-lo, e estaremos mais distantes de Deus.

Leia a Bíblia! Amém!